Livro: Sísifo, Verena Kent - Editora Cultrix

Workshop do Tietê Plaza no Dia Internacional da Cerveja

Dia 4 de agosto é comemorado o dia internacional da cerveja e nesta última sexta-feira eu e Amore Mio, recebemos um convite super especial do Tietê Plaza Shopping pra participa de um workshop de harmonização de cervejas artesanais. Com mais de 160 tipos existentes da bebida no mundo, o sommelier Ulisses Malacriada, responsável pelo canal Malte Papo, deu dicas de como apreciar a bebida. 
O evento tem curadoria de Kátia Pereira, formada pela universidade Science of beer e que é também curadora do evento Slow Brew Brasil, onde acumula experiência em cervejas belgas e holandesas.
Neste workshop aprendemos várias dicas interessantes sobre harmonização de cervejas. Estas harmonizações podem ser por: semelhança, corte e contraste. Aprendemos que não há verdade absoluta e que até sobremesas e chocolates podem ser harmonizados com cerveja, Vai do gosto da pessoa! 
Uma dica que Ulisses deu foi harmonizar bolo de chocolate com Kriek Boon, uma cerveja belga. Está na minha lista para futuras harmonizações.
Saboreamos 4 harmonizações diferentes. Cada cerveja foi oferecida com tipos diferentes de petiscos.
Na primeira harmonização experimentamos uma cerveja pilsen, da escola alemã, com wassabi e queijo branco sem sal. O sabor mais fraco da cerveja foi cortado pelo picante do wassabi. Quanto mais persistência da bebida, menos se bebe, ao contrário de cervejas de massa (vendidas amplamente nos mercados) e que devem ser bebidas estupidamente geladas.
A segunda harmonização foi uma cerveja de trigo da escola alemã, com milho com mostarda e mel. Eu adoro estes milhos e esta foi minha cerveja preferida! Do tipo weiss, esta cerveja tem aromas frutados de banana e cravo. Esta foi de semelhança.
A terceira harmonização foi da escola belga (a preferida do Ulisses, nosso sommelier). Notas de frutas como casca de laranja e temperos como pimenta preta,  sementes de coentro, que deixam na boca um gostinho refrescante e persistente. Harmonizamos com queijo brie. Muito bom também.
Nossa última harmonização foi da escola americana, IPA, são cervejas mais fortes. Notas de manga coquinho. Harmonizamos com queijo de cabra e amendoim. Achei forte, mas gostosa também.
O workshop teve o patrocínio da Cervejaria Schornstein. Com sede em Pomerode e fábrica em Holambra, Schornstein significa chaminé, que é logo da cervejaria. As cervejas são deliciosas, aprovadas! Por aqui curtimos mais vinhos que cervejas, mas depois deste workshop, queremos conhecer melhor estas cervejas especiais. E você, curte cervejas?
Foi uma noite muito bacana! Tiramos dúvidas, anotamos várias dicas. Adoramos participar deste evento.Os próximos encontros acontecerão em 9, 10 e 11 de agosto. Quem quiser participar, basta se inscrever pelo telefone (11) 3201-9000.

Comentários

  1. Qie legal! Eu não manjo nada de cerveja, mas gostei das informações e das fotos. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi muito legal, Quel!
      Eu também não entendo nada e adorei aprender um pouco sobre este universo.
      Bjs, querida

      Excluir
  2. Gente! Que legal esse convite! Tenho alguns amigos que iriam se amarrar nessas experiências. Eu não bebo, então apenas observo. Mas achei sensacional cerveja combinar com bolo de chocolate! Nunca teria pensado nisso! :)
    Bjks!

    ResponderExcluir
  3. Jamais pensei em harmonizar cerveja... faço isso com café (sempre). rs
    Cerveja para mim só com batatas. Ficam deliciosas. E não pode ser nacional. rs

    bacio

    ResponderExcluir
  4. Nossa que gostoso, geralmente só lembramos de harmonizar os vinhos e eu tinha visto uma reportagem recente sobre este assunto de harmonização de cervejas artesanais.ameiiii muito bjssssss

    ResponderExcluir
  5. que incrível *-* queria aprender!

    Com amor, <3 bruna-morgan.blogspot.com <3

    ResponderExcluir

Postar um comentário