Livro: Sísifo, Verena Kent - Editora Cultrix

Malasartes e o Duelo da Morte: Cinema

Semana passada participei da Cabine de Imprensa da Paris Filmes, de Malasartes, que estreou ontem,  10/08.
Gosto muito de filmes nacionais. O elenco deste filme por  si só, já tinha me deixado muito curiosa. Somado a isso estava a expectativa para ver como as estórias de Pedro Malasartes seriam representadas. Você lembra das estórias do Malasartes?
De acordo com o pesquisador da cultura nacional Câmara Cascudo, "Pedro Malasartes é figura tradicional nos contos populares da Península Ibérica, como exemplo de burlão invencível, astucioso , cínico, inesgotável de expedientes e de enganos, sem escrúpulos e sem remorsos." Malasartes foi interpretado também por Mazzaropi no cinema (confira aqui)
Gostei muito do filme. Atores interessantes, efeitos visuais muito legais. Jesuíta Barbosa encontrou um tom muito bacana para interpretar Malasartes, uma mistura de ingenuidade e esperteza. Não conhecia o trabalho dele e gostei muito.
Logo após a exibição, participei da coletiva de imprensa do filme. Gosto muito destes momentos. Presto atenção na interação do elenco, o quanto eles estão afinados. Isto aparece neste time. Equipe feliz e realizada com o bom trabalho que conquistaram. Leandro Hassum é sempre engraçado, tem tiradas ótimas e fez todo mundo rir muito. A taletonsa Vera Holtz , transpirou competência na entrevista. Fiquei admirada com a beleza de Isis Valverde, linda e simpática. O diretor Paulo Morelli abriu a entrevista contando sobre a longa preparação para este filme, idealizado por ele há muito tempo. Andrea Barata Ribeiro contou detalhes  interessantes da produção. 
Orçado em R$ 9,5 milhões, com cerca de R$ 4,5 milhões dedicados aos efeitos visuais, o filme se passa em dois cenários principais, o mundo do interior e o mundo mágico. É no mágico onde se concentram a maioria dos efeitos, sendo o longa nacional com o maior número de efeitos especiais da história do cinema brasileiro, com mais de 50% das cenas geradas por computação.
SINOPSE: Pedro Malasartes (Jesuíta Barbosa) vive de pequenas trapaças e está sempre se safando das situações, mesmo as criadas por ele. Mas terá que enfrentar dois grandes inimigos: Próspero (Milhem Cortaz), que fará de tudo para impedir que sua irmã Áurea (Isis Valverde) namore um sujeito como ele, e a própria Morte encarnada (Julio Andrade), que quer tirar férias e enganar Malasartes. Ele ainda terá que lidar com a bruxa Parca Cortadeira (Vera Holtz) e Esculápio (Leandro Hassum), assistente da Morte. Agora, com personagens deste e do outro mundo se unindo contra ele, Malasartes terá que usar de toda a sua esperteza para sair ileso dessa confusão.
ELENCO: 
Jesuíta Barbosa: Malasartes
Isis Valverde: Aurea
Julio Andrade: Morte
Leandro Hassum: Esculápio
Milhem Cortaz: Próspero
Vera Holtz: Cortadeira
Luciana Paes: Tecedeira
Julia Ianina: Fiandeira
Augusto Madeira: Zé Candinho
FICHA TÉCNICA:
Direção: Paulo Morelli         
Produção: Andrea Barata Ribeiro, Paulo Morelli e Bel Berlinck
Produção Executiva: Wellington Pingo e Bel Berlinck
Produtor Associado: Fernando Meirelles
Roteiro: Paulo Morelli
Direção de Fotografia: Adrian Teijido, ABC
Direção de Arte: Tulé Peake, ABC
Produção de Elenco: Francisco Accioly
Montagem: Fernando Stutz
Música: Beto Villares
Figurino: Verônica Julian
Maquiagem: Anna Van Steen
Produção: O2 Filmes
Coprodução: Universal, Paris Filmes, Globo Filmes e Spcine
Distribuição: Paris Filmes, Downtown Filmes e O2 Play


Comentários

  1. Gente, não conhecia esse filme! Grandes atores mesmo. Vai ser sucesso. Não sabia da história de Malasartes. Lembro que ouvia falar sobre o Mazzaropi interpretando mas nunca vi...rsrs.... E vc!! Muito chique na pré estreia e coletiva! Também acho linda a Isis Valverde!
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  2. Oi, Claudia! Não sabia desse filme. Amei o trailer e seu texto também. lembro que meu pai gostava de contar algumas histórias de Pedro Malasartes. Tinha uma da sopa de pedra. kkkk Só de lembrar, já começo a rir. Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Vi a chamada desse filme, mas ainda não fui vê-lo. Está em meus planos ir ao Itaú cinemas ali na Augusta (adoro o lugar, o espaço, o café) para ver 'divas' e 'o filme da minha vida'. Mas cade tempo? rs

    bacio

    ResponderExcluir

Postar um comentário