Combo Poético - Fernando Pessoa #52semanasdegratidão

Acabei de receber um presente muito especial!
Um combo poético sobre a obra de Fernando Pessoa. O poeta nasceu em 13 de junho de 1888. 
A Chiado Editora, nossa parceira portuguesa, tem uma grande ligação com este que foi, sem dúvidas, o maior poeta português de todos os tempos. Por isso, para comemorar a data, o Blog MãeLiteratura foi selecionado, entre os parceiros da editora para receber esse combo especial!
São sete livros de poesia, com diversas nuances, particularidades e estilos.
Eu AMEI!!!
Vamos conhecer cada um deles:
Sinopse: Dentro de cada um de nós há um universo de sons, imagens, sabores, sonhos. Carregamos estes universos ao redor, esperando unir-se a outros, expandir-se, comunicar-se. A questão é exatamente o quanto comunicamos, e quão bem o fazemos. Muitas vezes preferimos ser inundados por palavras de outrem, adotando-nas como nossas. E se descubríssemos que ha uma fonte, uma voz misteriosa dentro de nos que precisa ser achada, afinada, posta para fora? E que esta voz contem uma torrente irresistível de vida que precisa ser traduzida de alguma forma? Esta busca, encontro, perda, reencontro de voz, e tudo o que queria expressar, é o que esta presente neste livro. Para que meu universo fizesse sentido para mim e para ti, tive de implodir-me e vivenciar o mundo de meu interior para que eu pulse, para que eu transmita, para que eu me complete. Este é o meu universo e minha língua. Entre de cabeça e coração e partilhe de tudo.

Sinopse: A Antologia Paulista de Poesia Contemporânea "Além da Terra, Além do Céu" reúne cerca de 280 poemas escritos em língua portuguesa por autores nascidos nos estado de São Paulo, Brasil.

Sinopse:

Meu amor em ti;

É febre...
Angela Mattos
Orlando Reis
Minhas palavras
Não são livres
Carecem da decisão
De minha alma
Como uma virgem nua
É ela que decide
O quanto
Quer se mostrar
Escancara sonhos
Mas oculta desejos
Alimenta esperanças
Veladas
Ri
De si mesma
É dissimulada
Então...
Quando pensa devaneios
Fecha as pernas
Com medo
Do vento frio
Mas sente
O arrepio
E entrega-se
Ao calor
E suor
Do desejo
Mas comedida
Minha medula
Se arrepia
Esbraveja
Se  irrita
Se contorce
Me derruba
E, sem pena
Infecciona-se
E, eu
Em  estado febril
Delirando
Não sei
Mais
Quem sou?
Sinopse: Olhei frente-a-frente para a poesia num acordar tardio, mas não em atraso. 
Silenciei sentimentos  em desinquieto caminhar ao longo da vida, mas pousei meu coração, finalmente. Imprescindível cuidar de mim: ler, escrever, sentir, colher esperanças cercadas de emoções que verdejam romances e provam sonhos! Meu estilo poético é natural e espontâneo: insistem memórias , emoções e rimas abertas.Minha imaginação submete-se a um mundo externo ao sentir-me  especialmente estimulada por imagens, mas é com o coração que me revelo.É a imaginação  aliada à forte influência visual que expressa a minha poesia;encontro, assim, a realidade poética que existe dentro de mim. Uma vontade: a capa deste Livro com um titulo de um dos meus poemas...Não foi fácil! Optei por escolha aleatória.
Sinopse: "O poeta é aquele que filtra através da fina nuvem de fumaça que se descortina diante do cotidiano. Assim, poetizar é a arte de reconstruir com palavras a beleza de cada dia, a normalidade da rotina, a leveza do amor. Toda a pessoa é um ser poetizante, basta se deixar seduzir pelos caminhos das palavras e deixar fluir seus mais secretos sentimentos".
SinopseEste livro não tem grandes ambições. Procura somente expressar alguns sentimentos exclusivos - e por esta mesma qualidade, tão comuns - através da ótica e parceria entre autora e ilustrador. Enquanto houver pessoas dispostas a tentar alcançar qualquer estado de arte, sempre encontraremos o eco emitido, através das gerações, de inimagináveis nuances que acometem os mais diversos indivíduos. Nuances que nos são tão comuns, mas que ainda assim são percebidas e sentidas de maneira singular. Esperamos que o pouquinho de nós impresso nestas páginas possa encontrar significado em sua experiência, e desejamos desde já a quem lê uma boa viagem.
Sinopse“O poeta é um tremendo filho da lua.” Eu me chamo Antônio

Muito obrigada pelo carinho e pela atenção! Acompanhe também por aqui estas leituras.
#PoesiaChiado #PoetasDaChiado

Este post cheio de gratidão faz parte da nossa Blogagem Coletiva

Passe no blog da querida Elaine Gaspareto e veja quantos motivos para sentir grata.

Comentários

  1. Olá! Que delícia de surpresa!!! Também adoro poesia e receber um combo de livros de um poeta tão reconhecido é mesmo uma dádiva! Amei a capa de todos, a Editora realmente fez um trabalho fantástico! E claro, aguardo as resenhas!
    Beijos!
    Karla Samira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também fiquei muito feliz, Karla!
      Vou postar todas, pode esperar :)
      Bjs, querida

      Excluir

Postar um comentário