O Natal do Encontro no Shopping Lar Center!!

Ainda Estou Aqui - Clube de Leitura

Hoje tivemos nosso Clube da Leitura  e foi delicioso. Discutimos este livro sensacional!
Há tempos que aguardava ansiosa esta oportunidade. Desde Feliz Ano Velho sigo a trajetória do Marcelo com interesse e carinho. Tive a oportunidade de conhecê-lo pessoalmente em 2013, num dos eventos do Segundas Intenções, da Biblioteca de São Paulo. Relembre aqui.

Como eu imaginava o livro rendeu ótimas reflexões e a discussão foi muito animada e produtiva. Temas muito atuais e importantes são abordados no livro. Marcelo conversa com o leitor o tempo todo, o que torna a leitura mais fluida e leve, mesmo com temas tão difíceis como Alzheimer, ditadura e perdas familiares. Meus pensamentos foram contraditórios, pois ao mesmo tempo que queria devorar o livro, li devagar para não acabar logo! 

O livro é escrito de forma muito verdadeira, sem disfarces, o que o torna ainda mais especial. Sofri junto com Marcelo a impotência de ver uma pessoa tão inteligente como sua mãe limitada intelectualmente, após o desenvolvimento da sua doença. Acompanhamos a angústia da ditadura e relembramos algumas passagens sobre este período negro e vergonhoso da memória do nosso país. 

Ainda Estou Aqui é um livro muito atual, didático, profundo, terno, por vezes engraçado, nostálgico e essencial. Recomendo muito sua leitura.

Sinopse: 
Trinta e cinco anos depois de Feliz ano velho, a luta de uma família pela verdade Eunice Paiva é uma mulher de muitas vidas. Casada com o deputado Rubens Paiva, esteve ao seu lado quando foi cassado e exilado, em 1964. Mãe de cinco filhos, passou a criá-los sozinha quando, em 1971, o marido foi preso por agentes da ditadura, a seguir torturado e morto. Em meio à dor, ela se reinventou. Voltou a estudar, tornou-se advogada, defensora dos direitos indígenas. Nunca chorou na frente das câmeras. Ao falar de Eunice, e de sua última luta, desta vez contra o Alzheimer, Marcelo Rubens Paiva fala também da memória, da infância e do filho. E mergulha num momento negro da história recente brasileira para contar — e tentar entender — o que de fato ocorreu com Rubens Paiva, seu pai, naquele janeiro de 1971. SKOOB
O autor:
Marcelo Rubens Paivsa nasceu em 1959. Publicou, entre outros, os romances Malu de bicicleta (2004) e A segunda vez que te conheci (2008). É escritor, dramaturgo e jornalista, além de colunista do jornal O Estado de S. Paulo. Mora em São Paulo, com a mulher e o filho.

Um registro deste dia tão especial:


Comentários

  1. Oi Claudia!
    Que pena que vc tenha passado no meu blog n/momento bem tristinho, mas como eu disse no face "E a vida segue".
    Eu também aprendi a ser fã do Marcelo desde o Feliz Ano Velho, mas não tive ainda oportunidade de ler os outros livros dele. Vou tentar!
    Fiquei te seguindo pq quem sabe seja o início de uma bela amizade.
    Bjsssss e uma semana de muito sucesso e abençoada p/vcs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que delícia de mensagem! Obrigada , querida!
      Leia este livro sim,você vai gostar :)
      Vou te acompanhar também.
      Bjks mil

      Excluir

Postar um comentário