Resenha: Vida Querida (Alice Munro)

Título: Vida Querida
Autora: Alice Munro
Título original: Dear Life
Tradutor: Caetano W. Galindo
 Páginas: 320
 Ano: 2012


Acabei de ler este livro. Foi um dos livros mais desejados, estava na minha lista há tempos. Li agora, pois foi escolhido pelo nosso Clube da Leitura Cia Penguin para a discussão de julho.

Uma das coisas mais bacanas que percebo ao participar destes clubes de leitura é justamente a oportunidade de ler gêneros literários diferentes dos meus preferidos. Sou uma pessoa que adoro ler romances e livros sobre relacionamentos. Outros estilos como contos e poesias ainda não fazem parte do meu primeiro impulso na escolha do livro. 

Você sabe qual é a principal característica de um conto?! Fui pesquisar, porque também fiquei em dúvida e faz tempo que aprendi isto na escola.... a definição que achei mais bacana foi esta, do site Educação Uol:
"Classicamente, diz-se que o conto se define pela sua pequena extensão. Mais curto que a novela ou o romance, o conto tem uma estrutura fechada, desenvolve uma história e tem apenas um clímax. Num romance, a trama desdobra-se em conflitos secundários, o que não acontece com o conto. O conto é conciso."

Bem, esta introdução foi para reforçar o quanto gostei e me surpreendi com os contos deste livro. Justamente por ser um estilo literário diferente do que estou acostumada, no início estranhei um pouco, mas logo me apaixonei. Não é à toa que Munro ganhou o Nobel de Literatura, ela realmente é ótima.
Os contos são profundos, tristes, diferentes. Falam sobre relacionamentos, expectativas, dinâmica familiar, cotidiano. A maioria tem como pano de fundo o Canadá, terra natal da autora.
O ponto alto do livro, na minha opinião, são os quatro últimos contos, que são declaradamente autobiográficos. Muito interessante notar as nuances e a diferente abordagem desta parte do livro. Parece que são dois livros diferentes e confesso que gostei muito mais e me identifiquei mais com esta segunda parte.  Pensando melhor, ao terminar este livro fiquei com a sensação de ter lido vários livrinhos condensados num só!

Sinopse:
Vida Querida - Como nas demais coleções de contos da autora, mestre da forma breve, nos vemos diante de personagens que caminham nas beiradas da existência, arrancadas de seu cotidiano por golpes incisivos do destino e da loucura. Mas este 'Vida querida' tem um diferencial que o coloca num nível novo; a última parte do livro traz as quatro únicas narrativas autobiográficas já publicadas por Munro, que emprega toda a sua habilidade literária para rever sua vida, além de refletir sobre o ato de narrar, a ficção e os temas que regem sua obra - memória, trauma, morte. Vida - vida. Skoob

Sobre a autora:
Nasceu em 1931 em Wingham, no Canadá. É autora de diversos livros de contos, traduzidos para mais de dez idiomas. Entre os numerosos prêmios literários recebidos ao longo de sua carreira - incluindo o Man Booker Prize, em 2009 - destaca-se o Nobel de Literatura, em 2013. Foi a primeira vez na história que o prêmio foi destinado a um escritor especializado em contos.

Comentários

  1. Adorei a resenha, achei bem interessante.
    Sucesso!

    ResponderExcluir
  2. É bem bacana sim, Gregório e diferente!
    Obrigada pela visita e sucesso tbe com seu blog :)

    ResponderExcluir
  3. Clau vc tem Skoob? Lá tem muita resenha de livros bem legais!

    ResponderExcluir
  4. Adorei a resenha!
    Não conhecia essa autora, parece ser muito boa... já vai para a pilha do "quero ler" hahaha
    Também não tenho costume de ler contos, mas quando leio sempre gosto, não sei porque não leio mais esse gênero.

    Beijos!
    Marina Cases
    http://pfslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá Cláudia! Adorei a resenha. Fiquei com muita vontade de ler o livro. Parece ser muito bom!
    Gostei muito do seu blog!

    Beijos!

    ResponderExcluir

Postar um comentário