Você Conta Fusquinhas?!


Aqui em casa nós adoramos fuscas e apesar de não ter nenhum, nos divertimos com eles.
Já tive um fusquinha branco, que dividia com minha irmã, o nome dele era Vítor. Nesta época era moda colocar nome de gente em carros...

Bom, uma das nossas brincadeiras preferidas, que de tão simples é deliciosa é CONTAR fuscas no caminho. Sempre que saimos de carro rola esta brincadeira. Ela tem diversas versões. Jogamos sozinhos, cada um por si, em duplas (eu e Gabe, Lelê e Zito) ou todos juntos.
É uma folia. Todo mundo atento no caminho para achar o fusquinha antes do "colega" ao lado...

Outro dia propus um desafio, marcar quantos fuscas encontraríamos em uma semana e chegamos a marca de 154 fuscas numa semana!

É impressionante como depois de tanto tempo longe da linha de produção, eles estão circulando por aí, embora as pessoas não prestem tanta atenção.

Hoje cedo, nosso vizinho de garagem estava limpando seu fusca azul e me contou que ele era de 1966 ( três anos mais velho que eu...rs). Ele está lindo! Inteirinho!! Bem que eu queria um...

E você?! Já contou fusquinhas?!

Comentários

  1. Oi Clauo, nunca contei fusquinhas, mas meu pai teve um azul celeste e o bichinho é valente.
    Em Ouro Preto vc encontra muitos, é um carro ótimo para as ruas de pedras ingrimes e escorregadias, fiquei impressionada com a quantidade deles por lá.
    Vcs iriam se divertir por lá.
    bju e um ano novo de muito amor e paz para vc e sua família.

    ResponderExcluir
  2. Olá Clauo!
    Nunca cheguei a contar, mas adoro reparar neles na rua. Quando era mais nova queria ter um todo da penélope charmosa...rosa dos pés a cabeça..kkkkk
    Obrigada por visitar o Blog!!!

    www.devaneioslunares.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Clau!! Lendo este post foi inevitável lembrar do seu Jean Pierre, kkkkkkk. Que saudades daquele carrinho que nos levava pra tantos lugares... Bjks
    Ah, aqui em casa tbm contamos fusquinhas, aprendi com meus irmãos qnd era criança, bons tempos.

    ResponderExcluir
  4. Clau, aqui em casa amamos fusca e até já postei sobre a "contagem" dos fuscas no nosso passeio. Veja lá no índice: O PEDRO, A MANU E O FUSCA.

    Beijos e feliz 2012!!!

    Ana Cristina
    eucomosquatro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Clau,
    jáááááááá....Que delícia lembrar disso com seu post. Acho que nunca brinquei com minhas filhas, mas com minha irmã eu brincava! rs... Vou ensinar á Sofia!
    Adorei!
    Beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. nunca contei

    boa quinta, beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Olá! Claudia, em 1966 eu já tinha 18 anos, e meu amigo Luiz, que viria a ser meu marido mais tarde, ganhou um fusca 66 na rifa de Natal da emprêsa.
    Esse fusca marcou muito minha vida, foi uma festa! era "0" Km.!!!
    Bom, estava rolando pelo seu blog e tinha perdido o post sobre seu encontro com a Débora em Salvador.
    Mulher, que delicia!
    A Débora é mesmo linda, não é? Por dentro e por fora.
    Gostaria muito de ter ido junto...
    As fotos ficaram ótimas, voces são duas queridas.
    Eu não conto fuscas, mas adoro ve-los bem conservados e brilhando. Aqui em Valinhos tem uns doidos que fazem uma reforma radical, deixam sem capota, pintam das cores mais loucas.
    Eu acho lindo!
    Beijos amiga, viu porque não deve me fazer perguntas? eu adoro responde-las, e o texto fica muito grande.
    Bom dia!

    ResponderExcluir
  8. Olá Cláudia querida,quando crianca eu e meus irmaos contávamos carros amarelos, era uma diversao. Aqui na Alemanha meu filho menor e os amigos contam os carros Smart, se divertem muito.
    Beijos e uma ótima quinta-feira.

    ResponderExcluir
  9. Amoo fuscas! Eu queria um laranja, meu sonho!

    ResponderExcluir

Postar um comentário