Calendário: O Que Os Bichos Nos Ensinam - Banca do Bem

Limitação

Afinal de quem é a limitação?!

Venho pensando muito neste tema ultimamente. Algumas pessoas conseguem superar suas limitações e tem uma qualidade de vida tão boa, enquanto outras ficam com a sensação que estão empacadas e não têm um terço das limitações...
Há limitações físicas e emocionais.
Falo por mim, quantas vezes deixei de fazer algo que tinha proposto, ou deixo de ir a algum lugar, porque tem trânsito, porque está calor, porque estou com preguiça...que vergonha. O quanto nos deixamos acomodar.

Nas última semanas pude observar dois episódios que me fizeram refletir e escrever este post.
Outro dia estava caminhando, indo para a pós graduação. Ali perto há uma instituição para deficientes visuais e por conta disso muito fazem o percurso à pé, do metrô até lá. Numa das esquinas, um senhor perguntou se alguém poderia ajudá-lo à atravessar a rua. Ajudei e ele seguiu seu caminho.
Num parque perto de casa, onde costumo caminhar, sempre encontro uma senhora com sequelas de um AVC (acidente vascular cerebral). Ela tem o lado direito do corpo paralisado, apesar da dificuldade evidente, caminha TODAS as manhãs. Toda vez que vou, lá está ela, animada, sempre sorrindo, andando devagarinho no seu ritmo, cumprimentando todas as pessoas que encontra no caminho.

Escolhi esta figura, que eu gosto muito para ilustrar o post de hoje. Vendo a imagem destes dois velhinhos sorrindo, sempre penso que apesar das dificuldades, é possível “caminhar”, de uma forma ou de outra...alguns mais rápidos, outros mais devagar. Importante encontrar um ritmo e seguir em frente. 
Acho que ela traduz o quanto uma limitação pode e deve ser superada. É difícil? Sim, muitas e muitas vezes! Impossível?! Claro que não...
Dá trabalho?! Muito...
Cansa?! Ô se cansa, mas vale a pena, sempre vale! 
Sair da zona de acomodação, transpor obstáculos é muito, muito bom!

Uma ótima terça feira para todos nós!!!!

Comentários

  1. Clau, passo aqui para agradecer o carinho de sempre!
    E também para dizer que adorei esse post, lindo, sincero e muito verdadeiro! Devíamos refletir mais sobre isso!!!
    Um beijo em vc e nessa família linda!
    Mirella.

    ResponderExcluir
  2. Clau,
    Adorei o post. O filho da minha chefe é especial, e ele faz tudo, tudo. E com a cara mais feliz da face da terra. Realmente, devemos refletir sobre isso. Beijos (saudades de vc!)

    ResponderExcluir
  3. Oi, Clau, que saudade! Estou sem internet há mais de uma semana!!!
    Esse tema do seu post é recorrente aqui em casa até porque (não sei se já te falei isso) meu marido trabalha com Ensino Especial, além de ter 2 irmãs portadoras de deficiências (uma física e outra mental). Então, ele é uma criatura que tem muita experiência, habilidade e história para contar dessas pessoas que têm muito para nos ensinar...
    Grande beijo para você, queridoca!

    ResponderExcluir
  4. Ola Clau. Costumo sempre dizer: na vida tudo é questão de escolha. Se a vida lhe impõe limitações para estar aqui, não significa que lhe tirou uma opção, mas que acrescentou outra, talvez jamais imaginada e que poderá conduzir a felicidade verdadeira: Felicidade da Alma! Em outubro postei sobre o exemplo de um jovem britânico cego que percorreu o mundo sozinho, enxergando cada país, cada pessoa, cada lugar atravès dos sentidos e sensações. Sabe qual a motivação dele? Liberdade! No fundo somos muito mais deficientes porque nos prendemos a rotina, horários, obrigações e nos esquecemos de simplesmente SER. Ufaaa acabei!

    Dá uma olhada no link: http://www.luzcameradiversao.com/2010/10/nao-me-canso-de-admirar.html#axzz1E22WHmAf

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. “Não diga ‘Se pudesse, faria’.
    Diga: ‘Se posso, farei’”
    JIM ROHN, PALESTRANTE MOTIVACIONAL
    Beijinho

    ResponderExcluir
  6. Lindo post!
    E faz refletir.
    Realmente os limites quem impõe é a gente mesmo.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Olá Cláudia, a Alemanha é conhecida como o país dos velhos. Há muitos idosos. A qualidade de vida dos velhinhos daqui é maravilhosa. Vejo muitos andando pelas ruas com seus andadores, mesmo na neve. Conversam, sorriem e aquele frio danado nao os faz querer voltar correndo para casa. É bonito de ver a disposiçao deles. As vezes, tenho uma preguiça terrível de sair de casa e fazer o que tenho que fazer. Lembro dos velhinhos e vou em frente!! Beijos e um ótimo dia.

    ResponderExcluir
  8. Gostei de "conhecer" essas duas figuras.
    A gente pode, se acreditarmos assim.
    Muito inspirador deu post.
    Obrigada
    bjk

    ResponderExcluir
  9. Concordo plenamente com você, uma limitação é , na verdade, um desafio, seja ela física ou mental.
    Adorei o seu texto e compartilhei no twitter!
    Bj
    Adri

    ResponderExcluir
  10. Oi Clauo!
    Amei o seu texto!
    Os limites nos são dando sim.Cabe a nós prosseguir caminhando sempre buscando superá-los.
    Esses obstáculos e limitações não são barreiras intransponíveis, q nos impeçam de realizarmos nossos sonhos.
    Faz parte da nossa evolução e progresso.

    Beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  11. Ótimo post, Clauo!
    Acredito que as verdadeiras limitações quem coloca na vida somos nós mesmos, claro que existem exceções, mas na maioria das vezes, a preguiça e o desânimo tomam conta e aí que surgem as "limitações"...
    Bjo grande!

    ResponderExcluir
  12. Oi Clau, que lindo texto! Quanta sensibilidade, amei...Realmente muita vezes nos deixamos abater por tão pouco né, enquanto outras pessoas teriam mil motivos para estarem tristes e, ao contrário, andam com um sorrido estampado no rosto. Um liçao para todos nós!

    Um beijo!
    Ivana

    ResponderExcluir
  13. Adorei o post!
    bem lembrado superar as limitações :)
    bj

    ResponderExcluir
  14. Tenho um amigo que diz que vivemos comprando cremes anti-idade mas o que realmente nos envelhece é quando dizemos ah! isto não é para mim, já passei da idade ou não consigo, tô com uma preguica... Realmente temos que refletir muito e mudar muitas atitudes

    ResponderExcluir
  15. Lindo o post...

    http://coisasdatali.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. É vero! Depois de ler seu post dá ate vontade de tirar o bundão do sofá e "caminhar".
    Bjkas!!

    ResponderExcluir
  17. OI Clauo!
    Quanto tempo não posto um comentário, mas sempre que posso passo por aqui.
    Amei o post! Superar as limitações é um assunto que MUITAS pessoas deveriam refletir e fazer. É como você disse, difícil, mas a recompensa é muito boa do poder fazer.
    Bjo
    Débora

    ResponderExcluir
  18. Que belo texto pra refletirmos Clauo! Precisava ler algo assim hoje. Quantas limitações nós mesmos nos impomos muitas vezes, enquanto outros menos "afortunados", digamos assim, não vêem limites para continuar na caminhada, na luta, na busca pelos seus objetivos e sonhos.

    Fiquei feliz que vc gostou dos selinhos.

    Um beijo e boa noite!

    ResponderExcluir
  19. Claudinha
    Falar sobre limites e superação é algo maravilhoso e serve para qq um.
    Ótimo texto!
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  20. Amiga
    tem selinho pra vc lá no blog.
    Beijinhos e úm ótimo finde !

    ResponderExcluir
  21. Clau que injecao de animo esse texto.
    So tenho uma coisa para te dizer: obrigada!
    Abracos e otimo final de semana para voce.
    Gra

    ResponderExcluir
  22. Vc está certíssima, minha querida amiga! Transpor obstáculos é muito bom, mas ultimamente tenho tido algumas limitações... claro, é como vc falou, às vezes ficamos estagnadas e é preciso mudar. Estou tentando! Eu juro!!!!

    Claudinha, passei aqui hoje para dizer que deixei um selinho pra vc lá no blog! E de quebra, pude ler belas palavras que me fizeram refletir ainda mais!

    Grande beijo
    Ju

    ResponderExcluir
  23. Flor.. tem selinho pra vc lá no blog..
    bjs

    ResponderExcluir
  24. Vc sempre com posts inteligentes e cheios de carisma!! Adorei seu texto, Clau! Muito capricho na mensagem! Vc é especial!! Alma boa!
    Tenha uma linda semana!!!
    Beijos! Bela

    ResponderExcluir
  25. Oi Clau,
    amei o post.
    É muito legal ver a superação das pessoas que apesar das dificuldaes seguem em frente. Merecem todo o nosso respeito, carinho e admiração.
    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Postar um comentário