Andar mais leve...


Esta semana refleti bastante sobre a crônica do post anterior (Vende-se Tudo), que recebi por e-mail e na hora pensei em comentar aqui com vcs. Gosto muito da Martha Medeiros, ja li vários livros dela.
Eu acho que não tenho desprendimento para tanto, mas tenho cuidado para não andar com excesso de bagagem literalmente.
Na Revista Claudia deste mês vi novamente este tema, várias pessoas que fazem bazar com as roupas que não usam mais.
Eu particularmente ainda não fiz nenhum, e até agora eu continuo no que eu sempre fiz: doar.
Sempre doei as nossas roupas, das crianças, os brinquedos, toalhas, roupas de cama, enfim, tudo o que realmente não usamos.
Quando eu percebo que aquela roupa fica paradinha no meu guarda roupa muito tempo, ela vai para outro lar.
Hoje mesmo arrumei meu armário e ja separei várias roupas. É tão bom! Fica mais espaçoso. É impressionante porque mesmo sabendo das roupas que eu tenho, sempre me surpreendo porque redescubro várias roupas esquecidas no guarda roupa. Além do que acredito mesmo que com isto temos uma mudança de energia, ela recicla!
Outra coisa que decidi, depois da nossa última viagem, foi andar mais leve e carregar menos peso!
Para Aracaju levei tanta roupa e não usei várias. Além de tudo fiquei preocupada em pagar excesso de bagagem...pensei: que tonta...pra que várias opções para o mesmo dia?!
Decidi mesmo andar mais leve. Na próxima viagem não vou levar tantas coisas não.
Até na minha bolsa, aquela de todo dia, procuro diminuir a tralha. Como eu gosto de revezar minhas bolsas, tive que reduzir seu conteúdo senão fico doida na hora de mudar.
Enfim, acho que finalmente estou aprendendo que não é preciso carregar tanto peso à toa...acumular tanta coisa que não uso...
E vc?! Já pensou nisso?

Comentários

  1. Oi claudia, Aqui em casa nós tb gostamos de doar tudo que não usamos mais. Acho que é melhor a se fazer mesmo! Grande beijo e uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  2. Amiga, eu faço sempre isso. Doo tudo que nao uso, sempre doei desde pequena. Hoej em dia continuo com a mania de dar tudo que nao uso no minimo ha 1 ano. E não é so roupa não, além de roupa, doo eletrodomésticos, sapatos, e até utilidades domésticas.
    Doo TUDO! Não gosto de casa entulhada com coisas que não uso. Detesto guardar MILHAAAAAARES de coisinhas.
    Agora uma coisa que tenho que aprender muito é fazer mala de viagem. Sempre levo muito mais coisa que preciso e volto com a mala cheia de roupas que não precisei.
    Beijão.

    ResponderExcluir
  3. Penso nisto o tempo inteiro! Recebo roupas de outros para mim, para o João, para a Maria Rita. repasso as nossas. Já fiz bazar aqui em casa e foi bem legal. Se alguém pensar em fazer algo, por favor, me avise!!! ADORO!!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Clau, o texto da Martha é maravilhoso. Realmente muito reflexivo. Também não consigo esse grau de evolução do desapego, talvez por nunca ter vivido uma experiência como a citada no texto. Mas também procuro doar tudo e ensinar/estimular meus fihos a doar também. Quando separamos roupas e brinquedos deles para doação, eles estão sempe juntos, ajudando a escolher o que vai e o que fica. O incrível é que eles decidem que muita coisa vai!!!
    É isso aí.
    Grande beijo eótima semana pra você ;)

    ResponderExcluir
  5. Oi Clauo!!!

    Por aqui a doação tb acontece! E o que acho de mais legal, é que agora estou passando isso pro Lucas, porque além de roupas nossas, tb doamos os brinquedos, e ele empacota tudo bem bonitinho, tem que ver!!!

    Tb faço como vc fez, levo um montão de roupas, e tb nunca uso!!! Essa minha última viagem consegui reduzir um monte e mesmo assim não usei! Vou tentar ser mais leve tb!!! Ótima idéia ;)

    Bjokas e um linda semana pra vcs!

    ResponderExcluir
  6. Adorei o post! Também sou a favor da reciclagem das nossas coisas, principalmente porque com isso tbm reciclamos nossas energias! Ah, e adorei sua ideia de andar mais leve, vou tentar fazer o mesmo!
    Ah, e obrigada por seu comentário lá no blog. Realmente a "culpa" é sobrenome de mãe né... Mas vou pensar mais sobre voltar a trabalhar em casa, discutir com maridex...como vc disse, uma hora as coisas se ajeitam!
    beijo grande!

    ResponderExcluir
  7. Clau, eu penso muito nisso e sou até meio neurótica...rsss. Pra que tanta coisa!!!
    Adorei seu blog.
    bjbj

    ResponderExcluir
  8. Hoje eu joguei tanta coisa fora...
    Estou realmente fazer isso de novo: agora com roupa de cama e toalhas...
    abraços

    ResponderExcluir
  9. Eu faço a mesma coisa que vc. Uma vez ou outra dou aquela geral no armário, e sempre tem coisas pra doar.
    Bjus e boa semana ;)

    ResponderExcluir
  10. Já fiz muito disso, sempre doe tudo para fazer exatamente o que disse, renovar e poder colocar coisas novas. E sabe que em relação a bagagem de viagem já fiz tanta besteira que agora aprendi. Levo uma mala média pra mim, e meio fazia pra por coisas que comprar por lá. E pra minha filha fomos uma vez só e fiz uma pequena (essas de viagem) e deu super certo. Com certeza não precisamos de tudo que carregamos.Bjs

    ResponderExcluir
  11. Oi Clau, eu não tinha lido o post... então voltei e agora posso comentar...
    Eu sou bem desprendida dos objetos, roupas... fico de olho em coisas paradas a um ano, acho que esse é um tempo limite para deixar algo parado... daí, boto tudo em sacolão e faço outras pessoas felizes. Tem um casaco que eu gostava muito, mas ficou lá paradinho, dei para uma pessoa que não pode sentir um friozinho que o usa :-) Acho bacana, sabe? E outra, o que vale nessa vida, né? Família e amigos. PESSOAS.

    Bjks

    ResponderExcluir
  12. É isso aí meninas!
    Vamos ajudar os outros, trocar, doar, vender...mas nao deixar as coisas paradas!
    Bjks

    ResponderExcluir
  13. Fazer a vida mais leve, fazer a energia circular na casa, sem contar que ajudar a quem precisa faz tão bem pra gente.
    bju

    ResponderExcluir
  14. ai amiga......eu preciso moooooooito fazer isso tb!!!! ô exagero...hehhehheh...beijos

    lunaolargachupeta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. ai claudinha, você é o tipo de pessoinha que eu queria ter aqui pertinho :) penso como vc e fico muito feliz em poder ajudar quem precisa.
    olha, tenho tentando ser menos consumista, comprando só aquilo que vou usar ou que pretendo presentear alguém. eu tinha taaaaaaaaaaaaaaaanta tralha inútil em casa :/

    super beijo e desculpe minha sumidinha nos últimos dias ;)

    (ps: atualizei o ultimo post com fotos fofis das comprinhas)

    ResponderExcluir
  16. Oi flor!!! Só agora consegui retribuir sua visita... Meu filhote anda me sugando... hehehe..

    Adorei seu blog!!! E fiquei super feliz que vc aderiu a campanha... Não podemos de fazer o que gostamos por pessoas tão pobres de espírito né???

    Eu continuo firme e forte com meu blog... (só posto pouco pq ando sem tempo)

    Esteria sempre por aqui viu!! Já te linkei !!

    Beijão

    ResponderExcluir
  17. Oiiii
    Eu de novo!
    Tem um selinho bem fofo pra ti lá no blog, viu?!

    Beijinhos e um ótimo domingo pra vcs :)

    ResponderExcluir

Postar um comentário